5 dicas valiosas para planejar gastos com alimentação nos Estados Unidos

Comentário 1 Padrão

Para você que vai passar Férias lá Fora agora no final do ano e já está se descabelando com a alta do dólar (eu), hoje dicas boas para planejar o que vai gastar com alimentação e também exemplos de menu com preços de alguns restaurantes. Continue lendo

May the 4th Be With You: um pouco de Star Wars na Disney pra fazer os nerds babarem

Deixe um comentário Vídeo

Se você acha que não vale a pena ir à Disney ver o Mickey talvez pense duas vezes se alguém lhe contar que você pode encontrar Darth Vader, Yoda, Princesa Leia e Chewbacca!

O nome da atração é Star Tours – The Adventure Continues (A Aventura Continua), no Hollywood Studios em Orlando. Como a própria descrição no site do WDW diz, “sinta o poder da força durante o vôo espacial em um simulador 3D que te lança no mundo de Star Wars”.

Por fora a atração é inspirada em uma vila Ewok. Já no simulador você faz parte da tripulação que tenta ajudar os robôs C-3PO e R2-D2 a resgatar com segurança um membro da Aliança Rebelde. Esse vídeo que achei no Youtube dá uma ideia do que estou falando.

Dentro da atração há diversos portões de embarque e o mais legal é que cada um deles pode te levar a uma aventura diferente. Para ser mais exata: 50 combinações em cenários como Kashyyyk (terra dos Wookies), Naboo, Coruscant, Tatooine e Estrela da Morte. Tudo isso em um 3D DAQUELES. Mas não pense que é só um filme 3D! Trata-se de um simulador que te sacode pra valer e recria uma aventura espacial.

Atenção:

Não vá se tiver acabado de comer rsrsr…

Ah! E no final lembre de pegar suas coisas debaixo do banco, pois certa pessoa (@douglasmachado) esqueceu nossa mochila com todos os nossos pertences e passaportes. Só depois de 20 minutos a equipe da Disney conseguiu encontrar. UFA!

Vale a pena comer no Crystal Palace, no Magic Kingdom?

Deixe um comentário Padrão

Parece ser consenso, nos blogs de viagem, que o Crystal Palace é o melhor restaurante do parque Magic Kingdom. Apesar de não me interessar muito por fotos com personagens da turma do Winnie the Pooh, da última vez que estivemos em Orlando resolvi reservar o Crystal Palace para um almoço mais tranquilo no Magic Kingdom.

Almoço do Crystal Palace compensa pelo ambiente, atendimento e oportunidade de tirar foto com personagens.

Almoço do Crystal Palace compensa pelo ambiente, atendimento e oportunidade de tirar foto com personagens.

O local é muito lindo. O prédio de vidro é inspirado no Crystal Palace de Londres. O serviço é o que eles chamam de “all you can eat”. Ou seja, há um buffet bem variado, tipo self service, e você pode pegar o que quiser quantas vezes quiser. A qualidade da comida é boa, mas não é nada de outro mundo. O atendimento é muito bom e quando os personagens chegam para tirar foto com você, é impossível não abrir um sorriso. É por esse motivo que o Crystal Palace vale muito a pena para quem vai para o Magic Kindgom com crianças.

Mas vamos analisar o custo-benefício: Se você não tiver o Dinning Plan da Disney, o Crystal Palace não vale a pena. O  almoço para duas pessoas deu US$59 e, com a gorjeta, foi para US$70. Sério, com US$70 você come um banquete em Orlando.

Portanto, devo discordar dos que acham que o Crystal Palace é o melhor custo-benefício no Magic Kingdom. Eu recomendaria o Tony’s Town Square, que possui uma comida italiana básica e sai bem mais barato (coisa de US$40 para duas pessoas).

Dicas para refeições no Magic Kingdom

Quando for no Magic Kingdom, sempre reserve restaurante antes. Não acho que compense reservar almoço E jantar. Primeiro que fica caro, segundo que você não está indo lá para comer, né? Faça uma das duas refeições com mais calma, em um restaurante que não seja fast food, e na outra refeição faça um lanche. Sempre prefiro reservar o almoço para um horário tipo 13h30 e passar o dia com pequenos lanches.

Quer mais dicas de restaurantes? Encontre aqui.

Mythos: nossa melhor refeição em Orlando

Comentário 1 Padrão

O Mythos é o melhor restaurante que há dentro do parque Island of Adventure (no qual fica o Wizarding World of Harry Potter). De 2003 a 2009 ele ganhou primeiro lugar no concurso de restaurantes de parques temáticos e, em 2010, ficou em terceiro.

Apesar de ter um visual tematizado, que acaba induzindo a pensar que a comida vai ser mediana, a refeição que fizemos no Mythos foi a melhor de todas, disparado – superando, inclusive, o bacanudo ($$$) California Grill. Não estou dizendo que ele é melhor que o California Grill, mas que o que comemos nele foi melhor, além do custo-benefício.

Então vamos aos detalhes. Recomenda-se que você faça reserva, pois o Mythos é um restaurante bem disputado no Island of Adventure. A reserva você consegue fazer aqui. Mesmo indo em Janeiro fiz a reserva, e isso encurtou nossa espera.

A entrada de cogumelos nesse potinho foi uma grata surpresa. Eu e Douglas pedimos e comemos de olhos arregalados a cada “garfada”. Sem dúvida a melhor coisa que já comi em Orlando. Se já não tivéssemos pedido os pratos principais iríamos pedir uma segunda porção destes cogumelos rsrsr.

Os cogumelos que pedimos foram a melhor coisa que comemos em toda a viagem a Orlando esse ano.

Os cogumelos que pedimos foram a melhor coisa que comemos em toda a viagem a Orlando esse ano.

O primeiro prato à direita era um peixe com inspiração asiática, mas o Douglas achou que ele tinha um toque muito forte de wasabi. O meu prato, logo abaixo, estava sensacional: um purê de um tubérculo cujo nome não sei em português (e não lembro em inglês rsrs), peixe e alho-poró crocante para dar textura.

A cozinha do Mythos é aberta. Como sou viciada em programas tipo Masterchef e Top Chef, foi bem legar ficar espiando os chefs na cozinha preparando os pratos.

O garçom que nos atendeu era muito agradável, e segui a sugestão dele para a sobremesa.

O Douglas pediu esse cheesecake no copinho. Eu humilhei com este bolo de chocolate...

O Douglas pediu esse cheesecake no copinho (boring rsrsr). Eu humilhei com este bolo de chocolate… O MELHOR DA VIDA, com pedacinhos de banana em uma calda de caramelo super suave e, no topo, sorvete de amendoim. 

O mais legal é que a conta não foi nada absurda. Para uma refeição bem diferente dos padrões nacionais (não saímos para restaurantes deste tipo aqui) o preço foi bom: US$80. Para ter uma noção, é o que geralmente pagamos para um rodízio de comida japonesa muito bom que há na nossa cidade, no interior de Minas. Olhando por este lado, nem foi caro, né?

O próximo post será um videozinho curto mostrando o restaurante Mythos por dentro.

Estou numa missão pessoal de convencer as pessoas a comerem comida boa em Orlando, porque definitivamente não é uma cidade para se comer Mc Donalds todo dia. Acho inadmissível, ainda que você queira economizar! Pelo menos um restaurante “melhorzinho” sua viagem precisa ter!

Veja como alugar um carro e dirigir em Orlando

Comentário 1 Vídeo

Você já deve ter ouvido falar que nada mais prático do que alugar um carro quando estiver em Orlando. Isso porque a cidade é preparada para um grande fluxo de automóveis e para falar a verdade não é muito comum ver pedestres pelas ruas. Dizem inclusive que o transporte público não é dos melhores. Além disso, os shoppings, outlets e parques ficam distantes uns dos outros, mas como as vias são rápidas é possível ir de um ponto a outro de carro com um pulo.

“Mas dirigir em outro país deve ser complicado né?”, você pergunta.

Neste vídeo eu mostro como alugar um carro em Orlando e as principais regras de trânsito que precisam ser observadas ao se dirigir na cidade.