5 dicas valiosas para planejar gastos com alimentação nos Estados Unidos

Comentário 1 Padrão

Para você que vai passar Férias lá Fora agora no final do ano e já está se descabelando com a alta do dólar (eu), hoje dicas boas para planejar o que vai gastar com alimentação e também exemplos de menu com preços de alguns restaurantes. Continue lendo

Anúncios

As melhores gordices na Holanda e na Bélgica

Deixe um comentário Padrão

Uma das melhores coisas de viajar é relaxar e aproveitar as melhores comidas de cada lugar. Isso vale para restaurantes chiques mas vale também para as comidas típicas, comida de rua e as melhores lanchonetes.

Burgerbar – o melhor hamburguer de Amsterdã

Burguerbar: de acordo com quem provou, O MELHOR hamburguer.

Burgerbar: de acordo com quem provou, O MELHOR hamburguer. Batata-frita (frites) belga, que está em outro patamar de batata-frita, como todas que comi na Holanda e na Bélgica. OUTRO NÍVEL…….

O MELHOR hamburguer vegetariano da minha vida: um cogumelo Portobelo gigante dentro......

O MELHOR hamburguer vegetariano da minha vida: um cogumelo Portobelo gigante dentro……

Atendimento muito bacana. Voltei umas três vezes para buscar e comer no hostel.

Atendimento muito bacana. Voltei umas três vezes para buscar e comer no hostel.

Lombardos – o melhor sanduíche de Amsterdã

Comi no Lombardos o melhor sanduíche vegetariano da minha vida. Alto nível. SOBERBO. GOURMET.

Comi no Lombardos o melhor sanduíche vegetariano da minha vida. Alto nível. SOBERBO. GOURMET.

Greenwoods – perfeito para café da manhã, almoço ou lanche em Amsterdã

Não é por acaso que o Greenwoods está no topo do TripAdvisor... Comida e atendimento excelentes... Wifi perfeito... Ambiente aconchegante...

Não é por acaso que o Greenwoods está no topo do TripAdvisor… Comida e atendimento excelentes… Wifi perfeito… Ambiente aconchegante…

Winkel – a melhor torta de maçã de Amsterdã

A torta de maçã sempre fresca, com creme igualmente delicioso... Sem exagero, é uma LOUCURA...

A torta de maçã sempre fresca, com creme igualmente delicioso… Sem exagero, é uma LOUCURA…

Waffle Factory – rede “fastfood” de Waffles belgas

Waffle Factory, em Bruxelas: waffles salgados, waffles doces, puro chocolate belga derretido...

Waffle Factory, em Bruxelas: waffles salgados, waffles doces, puro chocolate belga derretido…

Stroopwaffles – a rede de supermercado Albert Heijn vende pacotes deliciosos e com ótimo preço

Stroopwaffles são totalmente viciantes para comer com café. Duas massas de waffles tostadas com recheio de caramelo no meio.

Stroopwaffles são totalmente viciantes para comer com café. Duas massas de waffles tostadas com recheio de caramelo no meio.

 

Vale a pena comer no Crystal Palace, no Magic Kingdom?

Deixe um comentário Padrão

Parece ser consenso, nos blogs de viagem, que o Crystal Palace é o melhor restaurante do parque Magic Kingdom. Apesar de não me interessar muito por fotos com personagens da turma do Winnie the Pooh, da última vez que estivemos em Orlando resolvi reservar o Crystal Palace para um almoço mais tranquilo no Magic Kingdom.

Almoço do Crystal Palace compensa pelo ambiente, atendimento e oportunidade de tirar foto com personagens.

Almoço do Crystal Palace compensa pelo ambiente, atendimento e oportunidade de tirar foto com personagens.

O local é muito lindo. O prédio de vidro é inspirado no Crystal Palace de Londres. O serviço é o que eles chamam de “all you can eat”. Ou seja, há um buffet bem variado, tipo self service, e você pode pegar o que quiser quantas vezes quiser. A qualidade da comida é boa, mas não é nada de outro mundo. O atendimento é muito bom e quando os personagens chegam para tirar foto com você, é impossível não abrir um sorriso. É por esse motivo que o Crystal Palace vale muito a pena para quem vai para o Magic Kindgom com crianças.

Mas vamos analisar o custo-benefício: Se você não tiver o Dinning Plan da Disney, o Crystal Palace não vale a pena. O  almoço para duas pessoas deu US$59 e, com a gorjeta, foi para US$70. Sério, com US$70 você come um banquete em Orlando.

Portanto, devo discordar dos que acham que o Crystal Palace é o melhor custo-benefício no Magic Kingdom. Eu recomendaria o Tony’s Town Square, que possui uma comida italiana básica e sai bem mais barato (coisa de US$40 para duas pessoas).

Dicas para refeições no Magic Kingdom

Quando for no Magic Kingdom, sempre reserve restaurante antes. Não acho que compense reservar almoço E jantar. Primeiro que fica caro, segundo que você não está indo lá para comer, né? Faça uma das duas refeições com mais calma, em um restaurante que não seja fast food, e na outra refeição faça um lanche. Sempre prefiro reservar o almoço para um horário tipo 13h30 e passar o dia com pequenos lanches.

Quer mais dicas de restaurantes? Encontre aqui.

China: dicas para planejamento de viagem

Comentários 3 Padrão

Por Douglas Machado

Se você tem vontade de conhecer a China, mas está com medo por conta das diferenças culturais, da distância e do idioma, não se preocupe! Esse post é um roteiro básico para que você possa preparar uma viagem tranquila para o país asiático.

Visto

Diferentemente dos Estados Unidos, os vistos chineses são por tempo e por entrada (quantas vezes você vai entrar no país). É necessário entrar no site do consulado e conferir o tipo de visto que atende a sua necessidade. Também vale a pena ver direitinho se os locais que você vai são realmente na República Popular da China. Se você for até Hong Kong ou Macau, por exemplo, e tiver um visto de uma única entrada na China, não poderá entrar novamente. Já imaginou que aperto? De resto, é como o visto americano, mas mais rápido: agenda-se a entrevista, faz-se a entrevista e pega-se o visto. Diferentemente do visto americano, dificilmente vão negá-lo. A entrevista é mera formalidade. O preço também é inferior ao visto americano. O atendimento não é lá essas coisas, mas resolve rápido.

Dinheiro

Recomendo o Visa Travel Money, mesmo com os encargos recentes. Quando fui, carreguei em dólar mesmo e lá ele ia debitando em yuan (moeda chinesa). Vá também até uma casa de câmbio e compre alguns yuans para miudezas. Você não vai precisar de muito dinheiro… mesmo. A moeda chinesa vale muito pouco. Na época 100 yuans valiam 42 reais ou 15 dólares. E tudo lá é muito barato.

Comparação: 100 Yuan = 42 reais = 15 dólares (em maio de 2012)

Comparação: 100 Yuan = 42 reais = 15 dólares (em maio de 2012)

Viagem

Dá para fazer tudo pelos sites tradicionais. No meu caso, fiz pela Decolar. Todos os voos têm escala (por motivos óbvios) e o fuso é de 12 horas. Prepare-se para chegar exausto. Você gastará no mínimo dois dias de viagem.

Hotel

O preço dos hotéis é bem em conta. Também dá para fazer tudo pelos sites tradicionais, como o Booking. Veja com cuidado os comentários, principalmente para questões relacionadas à higiene.

Hotel da rede Days Inn em Beijing

Hotel da rede Days Inn em Beijing

Turismo

Bem, aqui entra um assunto meio controverso. Normalmente sou a favor de “desempacotar”, ou seja, de fazer tudo por conta própria. No caso da China, recomendo um pacote para transporte e passeios. O melhor é fazer um pacote com guia, como eu fiz. Carro particular e guia com inglês fluente não custa caro. Vá em todos os clichês. Beijing é um must do. Se nunca foi na China, vá em  Beijing primeiro. Faça tudo o que tiver direito, principalmente: Cidade Proibida, Tiananmen Square, Muralha, Mausoléo do Mao, Summer Palace, Mings Tombs, Birds Nest (o Ninho de Pássaro) e os famosos Hutongs.

Curiosidades

Dicas e curiosidades que vão te ajudar por lá.

– Praticantes de inglês: adolescentes virão conversar com você (se estiver desacompanhado), dizendo que querem apenas praticar o inglês. São pessoas muito simpáticas. Te chamarão para uma casa de chá e pedirão os chás mais caros (caros MESMO). No final vão pedir para você pagar a conta. Em resumo: converse, se quiser, mas não vá a nenhuma casa de chá, bar e etc.

– Segurança: apesar desse “golpe”, a China é um país extremamente seguro para turistas. Beijing tem mais de 20 milhões de habitantes e você pode contar dinheiro na rua e usar seus gadgets tranquilamente. Ninguém vai te assaltar. Ninguém mesmo.

– Escarros: chineses escarram o tempo todo. Até as comissárias de voo escarram (e cospem). Em Beijing há locais com placas de “proibido cuspir”. É cultural. Acostume-se com isso.

– Trânsito: você acha o trânsito do Rio caótico? É porque nunca foi na China… Pense num condutor de trem, que nunca para nem dá a preferência e só buzina. Lá é assim para qualquer tipo de veículo, desde o carrinho elétrico do vigilante do aeroporto até ônibus e caminhões. Todo mundo buzina MUITO. Chega a ser infantil, sabe? Tipo… “sai da frente… bi bi bi, saaaai”. Nunca atravesse a rua sem olhar para os lados, mesmo que o sinal esteja verde para você. Fique um tempo parado no cruzamento e olhe como os chineses atravessam. Uma hora você vai descobrir uma brecha e aí é só atravessar o mais rápido possível, sempre olhando. Tome cuidado também com as bicicletas. Em Beijing são proibidas motos e bicicletas com motor a combustão. Todas são elétricas. São rápidas e silenciosas. E são muitas.

– Voo: as chances de tomarem seu assento são grandes. Chame a comissária se isso acontecer. Possivelmente o chinês sentado em seu lugar fingirá não falar inglês (o que eu duvido, já que ele está num voo internacional).

– Filas: onde cabe um chinês, haverá um chinês. As filas não são respeitadas. É diferente do que acontece no Rio, por exemplo. O chinês não é “malandro” ao furar a fila. Ele entra na sua frente e pronto. O macete é não deixar espaço. Acontece em qualquer lugar: embarque no avião, elevador, restaurante self service, trânsito, banheiro, caixa e etc.

– Internet: os serviços que mais usamos no ocidente são bloqueados. Nada de Facebook, Twitter, Google Plus, WordPress e etc. Se você quiser essas mídias, compre um app de VPN (pergunte seu amigo que entende de informática antes de ir).

– Poluição: não tenha expectativas de tirar belas fotos da vista. A poluição está em todo lugar. O céu geralmente é cinza e você não enxerga muito longe. Ver o sol, só no avião…

Tiananmen Square. Note a cor do céu.

Tiananmen Square. Note a cor do céu.

– Comida: espetacular, se você gosta de comida oriental. Os orientais comem muito bem, em quantidade e qualidade. Não espere derivados do leite, mas esteja preparado para comer shitake e sushi logo pela manhã. Não tenha frescura. Os chineses compartilham a comida (exceto o arroz).

Café da manhã: shitake

Café da manhã: massa com cogumelos

Mais cogumelos.

Mais cogumelos.

O melhor shitake.

O melhor shitake.

Apenas uma parte do que é servido em um jantar. MUITA variedade.

Apenas uma parte do que é servido em um jantar. MUITA variedade.

– Banheiro: eles não usam a privada que usamos por aqui, mas sim latrinas. Até no aeroporto de Beijing (que é muito luxuoso) usam-se latrinas. Se não conseguir se acostumar com a ideia, veja antes se o seu hotel tem privadas “comuns”.

– Serviço de quartotranque a porta do quarto. As arrumadeiras, falando em chinês, batem várias vezes na porta (como o Sheldon do Big Bang) e entram. Sim! Elas entram, falam contigo em chinês, não importa como você está vestido, fazem o que têm de fazer e saem.

Smartphone/tablet: recomendo levar um (com acesso à internet – alugando um chip por lá). Será muito importante para ajudar na sua comunicação. Se você não fala chinês, será muito útil escrever em português e mostrar para as pessoas em chinês. Importante: pessoas mais simples (como taxistas, motoristas e etc.) nem sempre sabem ler.

Por fim, recomendo que você assista muitos documentários e leia muito antes de ir. Aprenda a falar o básico em chinês (“oi” e “obrigado” pelo menos). A China é um país fantástico que está crescendo aceleradamente. Se você acha que a China é um país pobre que está se tornando rico, lembre-se de que por milênios a China mandou e desmandou no mundo inteiro. Eles estão apenas se empenhando em retornar a esse status…

Hard Rock Cafe – Orlando e Nova York

Comentário 1 Padrão

O Hard Rock é uma rede de restaurantes tematizados que têm em comum o menu e a decoração, composta por uma coleção incrível de todo tipo de objetos relacionados à história da música (rock e também pop).

Em 2013 conheci o que fica em Orlando e neste ano (2014) fui no de Nova York. É um pouco difícil e injusto comparar pois almocei no de Orlando e jantei no de Nova York. Naturalmente o horário muda completamente o ambiente.

Agora, se for comparar o espaço e os itens da coleção, o de Orlando ganha disparado.

Hard Rock Cafe – Orlando

O Hard Rock Cafe de Orlando fica no Universal City Walk, entre os parques Universal Studios e Island of Adventure. Bateu fome você sai do parque andando e entra no restaurante.

O Hard Rock Cafe de Orlando fica no Universal City Walk, entre os parques Universal Studios e Island of Adventure. Bateu fome você sai do parque andando e entra no restaurante.

O acervo do restaurante é incrível...

O acervo do restaurante é incrível…

No Hard Rock Cafe a palavra "tematizar" não é usada em vão rs....

No Hard Rock Cafe a palavra “tematizar” não é usada em vão rs….

A comida estava boa, mas podia ser melhor no aspecto. Notem que o arroz não estava muito bonito rs...

A comida estava boa, mas podia ser melhor no aspecto. Notem que o arroz não estava muito bonito rs…

Vale pela experiência...

Vale pela experiência…

Mas peca pela falta de objetos do mestre Freddie.

Mas peca pela falta de objetos do mestre Freddie.

Hard Rock Cafe – Nova York

O Hard Rock Cafe de New York fica na Times Square.

O Hard Rock Cafe de New York fica na Times Square.

O ambiente é super agradável e animado de noite.

O ambiente é super agradável e animado de noite.

Hamburguer vegetariano tem aparência boa, mas gosto de nada. Reprovado...

Hamburguer vegetariano tem aparência boa, mas gosto de nada. Reprovado…

O acervo é bacana, mas preferi o de Orlando...

O acervo é bacana, mas preferi o de Orlando…

As cervejas são boas... afinal de contas é um bar! rs

As cervejas são boas… afinal de contas é um bar! rs

Nachos. A cara é de "podrão", mas foi a melhor coisa que já comi em um Hard Rock!!!

Nachos. A cara é de “podrão”, mas foi a melhor coisa que já comi em um Hard Rock!!!

De modo geral preferi o Hard Rock Cafe de Orlando. Mas, como disse, foram situações diferentes. Nenhum dos dois têm peças legais do Queen, o que foi bem decepcionante!!

Green Table: restaurante aconchegante em Nova York

Deixe um comentário Padrão

Numa cidade em que tudo é grande e imponente, foi muito bacana entrar num restaurante simples com comida autenticamente americana (para evitar a palavra estadunidense!).

O Green Table fica dentro do Chelsea Market. É pequeno, mas fomos em janeiro e não precisamos de reserva.

Sopa de abóbora era a opção de sopa do dia. A melhor sopa que já tomei na vida. De lamber a tigela.

Sopa de abóbora era a opção de sopa do dia. A melhor sopa que já tomei na vida. De lamber a tigela.

Pedi um tradicional Mac'n'Cheese. Crosta crocante, salada fresca e bem temperada.

Pedi um tradicional Mac’n’Cheese. Crosta crocante, salada fresca e bem temperada.

Vegetarian Mushroom Pot Pie (ou seja, um pote que tem um recheio de cogumelos e uma tampa de torta por cima).
Vegetarian Mushroom Pot Pie (ou seja, um pote que tem um recheio de cogumelos e uma tampa de torta por cima).

O preço não fugiu muito do que estávamos pagando em todos os restaurantes mais bonitinhos (leia-se sem ser fast-food): US$40 para duas pessoas.

Top 5 gordices obrigatórias em Orlando

Deixe um comentário Padrão

ORLANDO é o lugar ideal para você cometer os maiores crimes contra a balança. Em 2013 eu fui para lá preocupadíssima de virar uma bola e acabei perdendo 3 kg (êêêê!!!). Esse ano eu quis me soltar e acrescentei 2 kg às arrobas que eu já tinha engordado no final de ano (afinal não tem milagre).

Independente da “postura alimentar” (rsrsrsrs) que você adote na sua visita a Orlando, eu recomendo que você não volte para o Brasil sem ter cometido o que considero ser AS 5 GORDICES CAPITAIS obrigatórias em Orlando.

TOP 5 – Cheesecake do Cheesecake Factory

Fresh Strawberry

Cheesecake Original coberto com chantilly e morangos frescos caramelizados. Precisa descrever mais? O Cheesecake Factory de Orlando fica no The Mall at Millenia. Só não vá lá se não gostar de cheesecake (mas aí você é doido…).

TOP 4 – Balas do Honeydukes, em Hogsmead

Balas no Honeydukes, em Hogsmead

As balas do Honeydukes, no The Wizarding World of Harry Potter, são as melhores que já comi na vida. Sério. Não são balas comuns ou que você conseguiria comprar em qualquer lugar. E não estou falando só dos “Feijõezinhos de todos os sabores”. Para mim as balas vendidas por peso são as melhores. A que eu mais gosto é uma tira azedinha de morango. Hummmmm… definitivamente gordice obrigatória….

TOP 3 – Fish and Chips do Três Vassouras

Fish and Chips no Três Vassouras

Estava difícil de incluir uma gordice salgada nesta lista disputada, mas o Fish and Chips* do Three Broomsticks (o Três Vassouras) para mim é parada obrigatória. Tem muita coisa que parece deliciosa no restaurante, e a apresentação é sempre peculiar e evocativa do mundo de Harry Potter.

*Peixe empanado com batatas fritas sensacionais, crocantes por fora e macias e naturais por dentro, junto com um molhinho tártaro. Aguei.

TOP 2 – Milkshake de biscoito Oreo do Sci-Fi Dine-in

Milk Shake de Oreo no Sci-Fi Dine-in

Primeiramente devo registrar que fui duas vezes almoçar no Sci-Fi Dine-in* e em ambas a comida estava péssima, apesar do ambiente ser um dos mais legais de todos os restaurantes na Disney que já fui. Entretanto, nas duas vezes o Milkshake que eles servem redimiu o restaurante e me fez sair de lá sorrindo de orelha a orelha. Simplesmente o melhor que já tomei na vida. Na próxima voltarei com certeza, mas já “almoçada”, só para pedir novamente. Esse não consigo descrever. Só experimentando mesmo…

*O restaurante fica no parque Hollywood Studios.

TOP 1 – Mickey Pretzel com molho de queijo

Mickey Pretzel

Não sei se muitas pessoas colocariam essa gordice no topo da lista de gordices obrigatórias em Orlando. A não ser os amantes de carboidratos como eu. Para mim, nada como arrancar um pedaço de pretzel quentinho, com cristais de sal na medida, e buzuntar no molho de queijo. O melhor é que esse lanche você encontra em qualquer barraquinha nos parques, o que aumenta a possibilidade de você comer mais de um por dia (e engordar horrores).

Quero deixar registrado que não me arrependo de nenhuma dessas gordices. Afinal, férias é pra isso mesmo. Depois, em casa, a gente volta pra dieta!!!