Curtindo adoidado Disneyland e Disney California Adventure

Deixe um comentário Padrão

Reservamos os dias 24 e 25 de dezembro para passar na Disneyland, em pleno Natal, receosos de que o parque fosse ficar abarrotado. Foram dois dias super divertidos, com filas curtas, muitas opções de brinquedos e a organização de sempre, padrão Disney. Para aqueles que se perguntam se vale a pena passar pela Disneyland respondo: vale muito! Os dois parques são light, pequenos, o que torna a circulação menos cansativa. Algumas das atrações são idênticas às da Disneyworld, mas as filas são mais curtas e dá para repetir a ride várias vezes, mesmo no Natal!

disneyland_ferias_la_fora_natal_2014_03

Continue lendo

Anúncios

Disneyland – vamos passar o Natal onde tudo começou…

Deixe um comentário Padrão

Em 2 meses (uhu!), no nosso tour pela Costa Oeste, realizaremos o sonho de passar o Natal na Disneyland, California, o primeiro parque criado pelo nosso amado tio Walt Disney. Natal, inverno, Disneyland, gingercookies!! Alguma dúvida de que será lindo??? O Castelo da Bela Adormecida fica todo enfeitado para o Natal. Há uma cerimônia em que a Árvore de Natal é acesa e há também uma parada de Natal com diversos personagens, além do show Believe, com fogos de artifício.

disneyland-gallery00

Castelo da Bela Adormecida ❤

Continue lendo

Costa Oeste em 20 dias: novo roteiro

Deixe um comentário Padrão

Com a mudança dos voos da Aeromexico, algumas alterações no roteiro. Tá chegando!!!!!!!

Dia 1: Chegada em São Francisco ao meio-dia.

Dia 2: Alcatraz e São Francisco City Tour, de 10h às 17h30

Dia 3: Jogo da NFL

Dia 4: Vinícolas do Vale do Nappa

Dia 5: Dia livre (=compras :P)

Dia 6: Viagem para Los Angeles pela deslumbrante Highway 1 / Route 1 / Pacific Coast Highway

Dia 7: Disneyland (É Natal!!! Lágrimas!!!)

Dia 8: Disney California Adventure

Dia 9: Grand Tour of Los Angeles

Dia 11: Visita aos Estúdios da Warner

Dia 12: Viagem para Las Vegas e dia livre lá. Vegas baby!

Dia 13: Viagem para o Grand Canyon (seguindo conselhos, escolhemos o South Rim)

Dia 14: Passar a manhã em Mt. Charleston (neve!) e voltar depois do almoço – Le Reve 7PMDia 15

Dia 15: Jantar em restaurante bacanudo (Ano Novo em Vegas!)

Dia 16: Compras

Dia 17: Compras

Dia 19: Voo

Dia 20: The End

Roteiro São Francisco – Los Angeles – Las Vegas

Deixe um comentário Padrão

Em dezembro eu e mais quatro familiares vamos para São Francisco, desceremos de carro para Los Angeles e depois continuaremos até Las Vegas. Contando o tempo de voo serão dezenove dias, a viagem mais longa que já fizemos. Quase tudo comprado ou reservado. Abaixo o roteiro definitivo e completo da saga…

Vôo Rio – São Francisco Check in 0h
São Francisco Alcatraz and San Francisco city tour: passeio pela cidade com entrada em Alcatraz.
São Francisco Livre (talvez jogo da NFL se conseguirmos bons preços nos tickets…)
São Francisco Pegaremos uma minivan e iremos para Nappa Valley almoçar e conhecer a vinícola Robert Mondavi.
Viagem São Francisco a San Simeon Dia livre em San Francisco
Viagem San Simeon a Los Angeles e Anaheim Iremos de carro até Anaheim,passando por Big Sur e Carmel com paradas em Santa Barbara e Los Angeles.
Los Angeles Disneyland!! ❤
Los Angeles Disney California Adventure!! ❤
Los Angeles Grand Tour of Los Angeles: tour pela cidade saindo e retornando direto do hotel em Anaheim para conhecer os principais pontos turísticos de Los Angeles sem nos preocuparmos com trânsito e estacionamento.
Los Angeles Dia de tour nos Estúdios da Warner.
Viagem Los Angeles a Las Vegas (4h) Seguimos para Las Vegas, com o dia livre após o check in no hotel.
Las Vegas Passaremos o dia no Grand Canyon South Rim (bastante estrada para ir e voltar no mesmo dia, mas valerá a pena).
Las Vegas Dia de devolvermos a minivan. Dia livre e, de noite, veremos o show Le Rêve, que dizem ser o melhor no “estilo” Cirque du Solei.
Las Vegas Encerraremos o ano com o show da Celine Dion no Caesars Palace. Motivo: músicas que todos do grupo conhecem cantadas ao vivo de verdade. Recebi email cancelando o show 😦
Las Vegas Compras!
Las Vegas Mais Compras!
Vôo Las Vegas (23h25) Checkout
Parada longa na Cidade do Mexico  A intenção é passarmos algumas horas na Cidade do México, já que será domingo e não deve haver muito trânsito…
De volta ao Rio  

O que falta agora é decidirmos se veremos ou não o jogo da NFL (que é em outra cidade, Santa Clara, e por isso ficaríamos um dia inteiro por conta…). Também temos que fazer algumas reservas de restaurante nas datas e locais mais concorridos.

Como escolher e reservar hotel na Booking.com

Comentários 2 Padrão

Vira e mexe alguém me pergunta sobre a Booking.com, se funciona, se é confiável, etc… Por isso vou explicar tudo que sei sobre esse serviço. Desde já informo que este post não é patrocinado, apesar de que quando tiver tempo quero colocar a caixa de pesquisa da Booking aqui no blog. Este post é apenas de um relato de alguém que já usou muito um serviço e o conhece bem.

Uma das coisas que acho mais legais na Booking.com é que é um serviço que gera um nível de relacionamento com o cliente de fato. Por exemplo, quando entro no site e faço o login para minha conta com eles, eu tenho todo o meu histórico de reservas com datas, valores, avaliações, etc.

O Booking registra seu histórico de viagens. Veja como eu sou mão de vaca com as diárias de hotel!

A Booking registra seu histórico de viagens. Veja como eu sou mão de vaca com as diárias de hotel!

Para cada reserva de hotel realizada, eu posso fazer a avaliação do hotel em que me hospedei, e são essas avaliações que, na minha opinião, fazem a Booking ser um site confiável para você escolher o hotel em que deseja se hospedar, onde quer que esteja indo, sem ter surpresas desagradáveis.

O Booking pede para você fazer uma avaliação do hotel, e constrói um ranking bem bacana com as notas dos clientes.

A Booking pede para você fazer uma avaliação do hotel, e constrói um ranking bem bacana com as notas dos clientes.

Ao todo eu já fiz 15 reservas na Booking. Esse número de reservas (efetivadas e canceladas), sem nunca ter passado nenhum tipo de problema, me dá bastante segurança para indicar o serviço.

A melhor dica é: leia tudo que tem na página.

A melhor dica é: leia tudo que tem na página.

Então vejamos como funciona:

– Antes de mais nada, crie um conta na Booking.com. Isso vai facilitar muito sua vida, pois você poderá criar listas para salvar os hotéis que lhe interessarem durante sua busca.

– Aí é começar a pesquisar. Note que o site possui uma série de opções para refinar sua busca e apresentar os resultados mais relevantes de acordo com diferentes critérios indicados por você (notas dos hotéis, estrelas, preço, localização, etc).

Exemplo de hotel encontrado na busca.

Exemplo de hotel encontrado.

– Fique atento às condições de pagamento, pois cada hotel vai funcionar de um jeito. Pela experiência que tive, se você ler com atenção todas as condições, taxas e comodidades do estabelecimento que está reservando, não terá nenhuma surpresa. A maioria dos estabelecimentos cobra a hospedagem apenas no check out, no dinheiro ou no cartão. Mas há exceções, sempre explicitadas na página.

– Para conseguir os melhores preços você tem que entrar no site com frequência. Costumo fazer a reserva com cancelamento grátis com bastante antecedência. Depois fico entrando no site com novas buscas para ver se o preço cai. As reservas sem cancelamento (se cancelar precisará pagar o valor total da reserva) costumam aparecer com preços muito abaixo dos praticados. Uma vez consegui uma reserva quase 50% mais barata que a primeira que havia feito meses antes. Lembre-se apenas de que, se fizer uma reserva nova, precisa cancelar a anterior no prazo determinado.

– Importante diferenciar sua relação com o hotel e sua relação com a Booking. A Booking serve apenas como uma intermediária entre você e o hotel, te oferecendo preços bem abaixo do que o hotel cobraria se a reserva fosse feita diretamente com ele. No entanto, o que tem me chamado a atenção é como o “pós-venda”, por assim dizer, funciona direitinho. Vou dar alguns exemplos de situações que aconteceram comigo e que podem acontecer com você.

Seu voo foi cancelado e você não fará check in na data da reserva. E agora??

Isso aconteceu comigo esse ano quando íamos para Nova York. Liguei para a Booking para pedir ajuda com a alteração da reserva meio sem esperanças de resolver, pois o tipo de reserva que eu tinha feito para o Hotel at Times Square, em NY, era sem cancelamento. Ou seja, de acordo com a reserva que eu fiz, eu não teria direito nem de alterar a data e nem de cancelar a reserva. Muitas vezes este tipo de reserva fica muuuito mais barata no site, mas é sempre um risco. Liguei para a Booking e expliquei minha situação. O atendimento da Booking contatou o hotel, que aceitou não me cobrar as duas diárias que eu perderia por conta do voo! E também aceitaram meu pedido de early check in. Tudo isso sem eu ter que fazer ligação (internacional $$$) para o hotel. A Booking resolveu tudo e me enviou em menos de 24h a nova reserva por email.

Precisa fazer alguma solicitação especial para o hotel?

Durante a reserva você pode solicitar, por exemplo, check in antecipado ou check out depois do horário, mas isso não quer dizer que o hotel irá aceitar seu pedido. No final do ano iremos para Las Vegas e, por conta do horário do voo, solicitei check in tardio. O hotel não aceitou o pedido, pois a data é muito concorrida e tudo estará lotado, mas o mais bacana foi ter recebido uma ligação da Booking explicando isso. Esse contato com o cliente passa muita confiança no serviço.

———-

Missão da Booking.com

“Ajudar viajantes a lazer ou a trabalho com qualquer tipo de orçamento a facilmente descobrir, reservar e desfrutar das melhores acomodações do mundo”

A empresa tem sede em Amsterdã e 115 escritórios em 50 países, inclusive no Brasil.

 ———-

Só usei a empresa para reservar hotel. Para aluguel de carro prefiro outro serviço, sobre o qual falei em um vídeo.