“No hablo espanol”: Desventuras em Buenos Aires ‘nunca más’ – 2010

Deixe um comentário Padrão

Buenos Aires definitivamente não foi uma cidade que me impressionou. Fomos trapaceados por taxistas várias vezes, comemos em lugares péssimos e, para piorar, fomos em janeiro, num calor insuportável. Para fechar com chave de “%^**#@”, a Aerolineas Argentinas nos fez passar a pior experiência da história, e ficamos como indigentes no aeroporto.

Tudo bem, foram só 5 dias e vimos SIM algumas coisas bem legais (que selecionei nas fotos acima). E só. Havia muita coisa boa ainda para ver? Provavelmente. Mas a verdade é que essa foi a única viagem que fiz sem planejar muito e ela foi cheia de contratempos e dissabores.

E “no hablo espanol”. O fato de não conseguir me comunicar definitivamente me irritou bastante.

Tudo bem, eu confesso. O problema não foi Buenos Aires. O problema é que a química não rolou. Eu e a cidade, eu e os argentinos… ninguém se entendeu.

No entanto, sem dúvida esta foi a viagem que me fez passar a ter atenção a todos os detalhes de qualquer passeio. Pensando por este aspecto, até que o saldo foi positivo, né?

Em todo caso, pode ser que eu mude de ideia, mas hoje, quatro anos depois, o que digo é “Buenos Aires nunca más!”.